DPOC COM ABRAMO, PORTADOR DA DOENÇA DESDE DE 2009.

Translate this Page

Rating: 3.3/5 (184 votos)

ONLINE
1





 

DPOC


Promova sua página também

Não mexa no meu silêncio, se não puder lidar com meu barulho.

Promova sua página também

 

TREM

Promova sua página também

 

 

 

 

 


ENFRETANDO E VENCENDO A DOENÇA DPOC
ENFRETANDO E VENCENDO A DOENÇA DPOC

Boa notícia!

O tratamento atual da DPOC pode permitir que você tenha qualidade de vida muito melhor do que aquela que a medicina podia oferecer há alguns anos.

 

 

ENFRETANDO E VENCENDO A DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÕNICA - DPOC:

"Para que você possa enfrentar e dominar essa doença, sendo assim um parceiro de seu médico no tratamento da DPOC".

 

Conhecendo mais sobre o DPOC: Dpoc os tubinhos que distribuem o ar dentro dos pulmões (brônquio) podem estar inflamados e ou os saquinhos de ar que fornecem  oxigênio para o sangue (alvéolos) podem estar destruídos. Quando a inflamação dos brônquios é mais importante que a destruição dos alvéolos, a pessoa tem "bronquite crônica". Por outro lado, quando a destruição dos alvéolos é mais importante que a inflamação dos brônquios, a pessoa tem "enfisema pulmonar".

 

IMPORTANTE

Se você nunca fez uma prova de função pulmonar (assopro), é impossível ter certeza de que tem ou não DPOC.

 

COMO MEU MÉDICO CHEGOU Á CONCLUSÃO DE QUE TENHO DPOC:

-Oque você pode ter contato: é muito provavelmente, que você fuma ou fumou. 90% dos casos de DPOC, se devem ao tabagismo.

-Você teve ter notado, que sente-se fôlego curto.

-Pode ter notado também frequentes crises de tosse e chiados no peito.

OQUE O MÉDICO PODE TER OBSERVADO EM VOCÊ:

-Ao escutar seu peito, constatou diminuição do barulho do ar passando pelos brônquios ou o oposto, um barulho estranho quando o ar passa espremido pelos brônquios fechados.

-Se a doença estiver avançadas, o aumento de seu torax indicará que há bastante ar prisionado dentro dos pulmões.

-Pode ser que a cor de seus lábios e unhas esteja mais arroxeadas, oque pode indicar baixa oxigenação do sangue.

OQUE OS EXAMES PODEM TER APONTADO:

-A maior pista de que você tem DPOC deve ter vindo de uma prova de função pulmonar, tambémchamada de espirometria ou teste do assopro.

-Se esse exame veio absolutamente normal, é muito provável que você não tenha DPOC.

-Se o exame apontou alteração compatíveis com DPOC, também deve ter ajudado muito em mostrar a gravidade de sua doença - oque vai guiar seu médico em relação ao tratamento a ser oferecido.

 

COMO VAI SER MEU TRATAMENTO

O QUE VOCÊ PODE FAZER PARA SE AJUDAR;

-Parar de fumar. "Nunca é tarde para parar".

-Manter-se fisicamente ativo e fundamental, porque precisamos respirar menos quando estamos mais treinados, reduzindo assim a falta de ar.

O QUE OS REMÉDIOS PODEM FAZER PARA AJUDÁ-LO:

-Os broncodilatadores são fundamental porque permitem que o ar passe com mais facilidade pelos brônquios, melhorando assim a falta de ar.

-Os broncodilatadores podem ter curta ação para ajudar nos piores momento ou longa duração de ação para proteger contra a falta de ar por mais tempo.

-Dependendo de seu caso, seu médico pode optar por associar aos broncodilatadores uma medicação anti-inflamatória, seja por via inalatória, seja como comprimido.

O QUE POSSO ESPERAR DO FUTURO:

-DPOC é uma doença totalmente controlável e a maioria das pessoas consegue conviver com ela por muitos anos.

-Apenas a minoria das pessoas com DPOC tem doença grave ou muito grave que irá necessitar de vários medicamentos e, eventualmente, oxigênio.

- Mesmo que você seja uma dessas pessoas, saiba que, atualmente, há formas de oferecer oxigênio que permitem uma vida normal. Além disso, para que precisa, o oxigênio efetivamente melhora a quanidade e a qualidade de vida.

topo